domingo, 23 de maio de 2010

Rodopios do Pensamento

Faço questão de não parar com a brincadeira, mas com a condição de que você jamais pare de jogar o seu jogo. Há tempos que ando pensando em você e isso diariamente vem me deixando louca e cheia de pensamentos. Já não tenho certeza se você é remédio ou veneno, se me faz bem ou mal. É estranho quando posso me sentir no paraíso e em minutos você é capaz de me jogar no abismo sem nem ao menos ter que mexer todos os seus pauzinhos. É estranho o modo que você pode mudar seu jeito de ser e ter tantas caras diferentes pra me mostrar a cada momento e o mais estranho ainda é o modo que estou totalmente amarrada em você. Pensei no quando sua palavra podia machucar muito mais do que qualquer outra palavra vinda de qualquer outra pessoa. Percebi a maneira que os olhos podem brilhar quando os seus refletem nos meus e a maneira que pareço tão boba quando não escuto mais nada e não consigo prestar atenção a minha volta quando olho pra você. Por fim, interroguei-me e pensei na possibilidade de algum dia esse meu sonho se tornar realidade, mas enquanto isso, vivo no meio dos rodopios do pensamento.

1 comentários:

bernardo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.